Guia para iniciantes: tudo o que precisa saber sobre potência no som automotivo

A área de som automotivo é repleta de termos, nomes e números, o que pode fazer com que os principiantes se sintam perdidos. Se for esse o seu caso, não se preocupe, já que a situação é normal, ainda mais por se tratar de algo novo.

Neste guia prático, nós traremos algumas das informações mais importantes sobre som automotivo. Assim, você conseguirá entender sobre o assunto e, além disso, saber do que é necessário para montar um ótimo sistema de som!

Informações essenciais sobre som automotivo

Esses são alguns dos assuntos mais comuns no que diz respeito a sistemas de som para carros. Entendê-los o fará ser um melhor conhecedor desse universo.

Potência PMPO

Medida criada por fabricantes de equipamentos sonoros que aumentam os números reais, já que a medida é imprecisa. Em termos simples, essa é uma informação que deve ser desconsiderada.

Potência RMS

Essa sim é a medida que realmente importa em relação à potência. Os números costumam ser pequenos, dificilmente superando os 90W, por exemplo, mas é usada mundialmente por sua precisão e assertividade.

Para obtê-la, utiliza-se um sinal de única frequência na amplitude que será reproduzido. Conecta-se um resistor com a impedância desejada e, depois, o amplificador reproduz aquela frequência. Com isso, é possível medir a tensão no resistor com um multímetro especial.

Impedância

Parâmetro importante. Geralmente, varia de 2 ohms a 16 ohms e deve combinar com a impedância do amplificador, de modo que os equipamentos nem queimem nem deixem de funcionar adequadamente.

Sensibilidade

Padronizadamente medida a 1W e 1 metro de distância, corresponde à pressão sonora (ou volume) em decibéis (dB) obtida a 1 metro de distância que o falante gera ao receber um sinal de 1W RMS.

Por exemplo, um alto-falante que tenha sensibilidade de 78 dB é capaz de gerar um volume de 78 dB a 1 metro de distância ao receber um sinal de 1W RMS.

Relação potência RMS x volume

A sensibilidade existe nos alto-falantes, mas não é uma medida linear. Quando a potência é dobrada, aumenta-se 3 dB ao alto-falante.

Por exemplo, o mesmo alto-falante usado como exemplo anteriormente, de 78 dB com 1W , gera 81 dB com 2W, 84 dB com 4W e 87 dB com 8W, e por aí vai, nessa mesma proporção.

Resposta de frequência

Os alto-falantes costumam se dividir entre graves (subwoofers), médios (woofers) e agudos (tweeters), o que significa que eles atendem a uma determinada faixa de frequência. Existem os chamados full range, que, em tese, atingem todas as frequências, mas é raro que eles desempenhem essa função com excelência.

Um sistema completo e equilibrado deve ter esses três tipos de alto-falantes, de modo que o sistema de som seja capaz de reproduzir o máximo possível de frequências.

Signal-to-Noise ratio (SNR)

Corresponde ao ruído do sistema de som, ou seja, aquele barulho característico de interferência. Quanto menor for, melhor é a qualidade do áudio, o que significa que os ruídos estarão presentes em menor proporção.

Evolua seus conhecimentos sobre potência sonora!

A riqueza de detalhes faz com que cada assunto relacionado a sistemas de som (de players ou rádios a woofers, tweeters, subwoofers, módulos e todos os demais equipamentos) seja complexo e precise ser estudado por quem deseja aprender mais.

A ViniSound é a loja ideal para você adquirir os melhores players do mercado. Você pode encontrar rádios, alto-falantes, módulos e todos os equipamentos que precisa, oferecidos por ótimas marcas. Além disso, a aquisição pode ser feita com condições de pagamento privilegiadas, como parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito ou à vista, com 5% de desconto, de acordo com o que preferir.

Veja mais: Caixa Trio Pioneer | Caixa Trio Eros | Caixa Trio Bomber

error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *