Pontos cruciais antes de comprar seu som automotivo

O som é um item interessante para todo carro, e, embora não seja obrigatório, é fundamental para poder encarar o trânsito de maneira tranquila, além de tornar as viagens ainda mais interessantes e interativas.

Contudo, a qualidade do som original do carro nem sempre é a ideal e muitas pessoas ficam com medo de substituir os equipamentos, o que pode fazer com que elas tenham que conviver com aparelhos e acessórios que limitam a experiência sonora.

Vamos aprender mais sobre a questão e entender o que deve ser considerado antes de colocar qualquer projeto de som automotivo em prática!

Vale a pena investir em melhores equipamentos de som para o meu carro?

Sim. Essa é uma área que tem influência direta na experiência obtida pelo condutor e pelos passageiros, já que boa parte das pessoas gosta de passear com o som ligado, seja para ouvir músicas, noticiários ou mesmo informações sobre o trânsito.

O primeiro ponto que deve ser analisado é a substituição dos “mid-ranges”, também chamados de médios, que são os alto-falantes instalados nas portas dianteiras do veículo, responsáveis pela reprodução da maior parte dos sons.

Esses falantes reproduzem frequências sonoras que vão de 300 Hz a 3.000 Hz, onde se encontra a voz humana e boa parte dos instrumentos das músicas, como guitarras, violões, pianos, entre outros.

Sua troca por modelos de maior qualidade já fará com que o som seja consideravelmente melhor, já que os instrumentos poderão ser ouvidos com clareza. Cabe ressaltar que um som automotivo de qualidade deve permitir que os ocupantes consigam distinguir os diferentes instrumentos presentes nas canções.

Para as frequências baixas, de 30 Hz a 300 Hz, a recomendação é que sejam instalados os subwoofers, que são aqueles falantes maiores e que ficam acomodados em caixas instaladas na parte traseira do veículo. Eles permitem que se escute os sons mais graves, como de bumbos, tambores e contrabaixos.

Em relação às frequências mais altas, de 3.000 Hz a 20.000 Hz, é possível escutar instrumentos agudos, como violinos, violas clássicas e flautins, além do som do cantar dos pássaros, por exemplo. Para escutá-los com clareza, é importante instalar tweeters, pequenos falantes que ficam nas duas colunas frontais do veículo.

Depois dessas substituições, é importante trocar os rádios originais por players de maior qualidade, já que são eles que enviam o som para os falantes. Além disso, também é possível que os novos players tragam novos recursos com possibilidades interessantes, como o Bluetooth, as entradas auxiliares, o USB, entre outros diferenciais.

Tenha um som de real qualidade no carro! Você pode!

Seja em veículos novos ou naqueles que já tenham alguns anos de existência, a aquisição de equipamentos de som permite que eles ofereçam uma qualidade sonora diferenciada, já que as montadoras quase nunca investem nessa área.

Ao fazer isso, você poderá passear, trabalhar e ir para todos os lugares que precisar e quiser com seu carro proporcionando uma qualidade sonora de ponta, o que tornará cada momento ainda mais aprazível.

Veja também como melhorar seu som sem gastar tanto

Se você quer comprar novos players e trocar os rádios originais do seu carro por um modelo de maior qualidade ou, até mesmo, iniciar um projeto de som inteiramente do zero, conte com a ViniSound, que é uma loja online com opções ideais para o que procura. Os pagamentos podem ser feitos à vista com desconto de 5% ou no cartão de crédito, em até 12 vezes, para caber em seu orçamento e tornar realidade o desejo de ter um som automotivo de primeira!

error0

Um comentário em “Pontos cruciais antes de comprar seu som automotivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *