Para que serve o módulo de potência de um som automotivo?

Saiba para que serve o módulo de potência de um som automotivo e quais são suas principais características. Veja também onde encontrar players, rádios e outros aparelhos pela internet.

Os módulos de potência de som automotivo podem ser encontrados em quase todos os veículos de quem gosta de investir em som automotivo de qualidade e com alto volume.

Para que serve o módulo de potência?

Os módulos de potência para veículos, como o próprio nome sugere, servem para expandir o som reproduzido pelo carro. Para cada caixa de alto-falante, é necessário um determinado módulo automotivo, seja para carga ou para potência.

Muitas vezes, os módulos são comparáveis aos amplificadores convencionais, porém, a principal diferença é que as entradas de módulos são para potências mais altas, isto é, acima de 10 Watts.

Principais características:

Potência

Aqui, é importante considerar o valor especificado como potência nominal, ou em Wrms, e nunca as potências de pico (que só ocorrem em períodos curtos de tempo);

Impedância

É uma das medidas mais importantes, já que a partir de sua combinação com os falantes/subs, é possível tirar máximo proveito de ambas. A medida é feita em Ohms.

Resposta de frequência

Tem seu valor especificado em Hz e KHz, e trata-se da faixa de frequência a qual o módulo consegue ler e amplificar (enviar ao falante);

Número de canais

Existem módulos com 1 canal (ou MONO, comumente usado para frequências graves), 2 canais (ou Stereo, utilizado para conjuntos traseiros/tampões, frontais/portas, ou caixas stereos para som externo), e 4 canais (aplicado ao conjunto completo frontal e traseiro).

Tipo de entrada de áudio/sinal

Ainda que o tipo mais comum atualmente seja o RCA, também existem os tipos com entrada “High Level” (direto da saída para os falantes do Head Unit, como CD Players), além dos que aceitam ambos os sinais (tanto High Level quanto RCA).

Classe do amplificador

Existem várias, porém as mais comuns são A/B e a D.

A classe A/B é conhecida por fornecer maior qualidade, ainda que exija um consumo de energia muito superior (o que significa pouca eficiência energética), e é mais usada para amplificar sistemas normais do som (isto é, aqueles que se destinam aos alto-falantes).

Por outro lado, a classe D, ainda que seja confundida com “Digital”, diz respeito a um amplificador mais eficiente, mesmo que diminua um pouco sua qualidade, sendo mais utilizada em módulos monos, para subwoofers.

Sensibilidade ao sinal de áudio

Ainda que não varie muito de um módulo para outro, existem modelos com sensibilidades maiores (identificados por ter os menores valores em mVolts), o que auxilia a melhorar a relação de “ganho por volume”.

Em outras palavras, significa que a partir de um pequeno incremento no Volume do seu CD Player, o módulo passa a responder com mais intensidade.

Dimensão

Trata-se de um aspecto que tem maior importância para os casos em que o espaço para instalação do módulo, principalmente no porta-malas, é limitado. Em vista disso, o tamanho do módulo pode ser muito relevante.

Veja também sobre personalização do carro: por onde começar?

Encontre players, rádios e tudo o que precisa para ter o melhor som automotivo

Na loja online da ViniSound, você encontra todo tipo de aparelhagem, como players e rádios para colocar o projeto de som automotivo em prática e turbinar o som do seu carro.

A ViniSound realiza entregas em todo país, com segurança e qualidade, além de oferecer 5% de desconto nas compras, e formas de pagamento facilitadas. Navegue pela loja para conferir o catálogo de produtos e conte com apoio do time da ViniSound.

Veja mais: DVD Pioneer | Caixa Trio | Woofer

error0

Um comentário em “Para que serve o módulo de potência de um som automotivo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *