Qual escolher, Woofer ou Subwoofer? Qual é o melhor?

Woofer ou Subwoofer? Qual é o melhor?
É imprescindível saber corretamente qual produto usar em seu sistema de som automotivo, para que se possa ter o resultado esperado. Assim gastando somente aquilo que é necessário.
As dúvidas mais freqüentes ao montar um projeto de som de alto desempenho e qualidade é saber qual alto falante usar:
Woofer ou Subwoofer?
Woofer ou Subwoofer?

Talvez quando se deparou com essa pergunta e a pesquisou “Woofer ou Subwoofer?” no Google, pode ter se assustado, porque, são muitos os boatos, mas hoje viemos aqui para simplificar sua vida. Pois cada um deles se encaixa perfeitamente em um determinado projeto.

Então vamos começar com algumas informações e diferença entre os dois, para você se identificar e comprar o correto.

Usando números, a física nos apresenta uma tradução do som em números, que é a freqüência (hz).

Quando temos o valor de 1(hz) significa que é um som muito grave, já em uma freqüência de 15.000(hz), é um som agudo. Esses valores determinam o comprimento dessa onda sonora, resultando no movimento que um alto falante tem que fazer para converter os números em som.

Pensando nestes números em vezes que o conjunto precisará se movimentar, seria assim o mesmo que dizer que em 30(hz) que ele precisaria se movimentar 30 vezes por segundo, o mesmo se diria para faixas mais altas como 20.000(hz) vezes por segundo. Isso se torna extremamente difícil para um alto falante.

Para que pudessem solucionar este problema, eles criaram uma escala. Para que assim reproduzissem somente determinadas frequências, deste modo, conseguindo um melhor rendimento, e indo além disso, uma melhor qualidade de áudio.

Explicando agora na pratica:

Os falantes para grave e médio grave tem o nome de Woofers. E trabalham na faixa de frequência de 50hz a 4500hz(aproximado). Os alto falantes para subgrave e grave, tem o nome de SubWoofers. E trabalham na faixa de frequência de 20hz a 200hz(aproximado)

São estas as diferenças representadas em freqüência (muito importantes na hora de configurar o módulo)

Devido ao grande mercado pode ser confundido um woofer com subwoofer, somente na questão de nomenclatura, onde woofers de 15 e 18 polegadas, são chamados também de subwoofer.

Para entendermos melhor isso, vamos aos exemplos:

Um alto falante que possui uma borda alta de borracha ou espuma, são fabricados para som interno, conhecidos como subwoofers.

Alto falante que possui a borda ondulada que se assemelha a um papel, são fabricados para som externos.

E agora, woofer ou subwoofer?

Essas não as principais diferenças:
Finalmente agora depois do conhecimento. Sabemos que se o projeto de som for para área externa como festas, churrascos, chácaras e etc. É recomendado que utilize um falante que toque uma freqüência maior, mandando então o som mais longe.

Agora se o projeto for um som mais grave, que dá uma encorpada na música, sendo elas pra áreas internas, mais voltadas para carros, onde é um ambiente pequeno. Assim é recomendável que utilize alto falantes Subwoofers.

Tabela das frequências (resumida):
  • 1hz: significa um movimento do cone (ida e volta) em um segundo, é inaudível.
  • 10hz: significa 10 movimentos de ida e volta do cone em um segundo, só vento.
  • 25hz: Mais vento do que som. Movimento mecânico, treme o ambiente.
  • 40hz: Você começará a ouvir o sub-grave, além de sentir tudo vibrando. Sub-grave bem extenso.
  • 50hz à 60hz: Sub-grave com mais pressão, graves fortes porém bem extensos.
  • 70hz à 100hz: Pouco sub-grave. Sensação de mais pressão, vibração.
  • 100hz à 150hz: Muita vibração, grave bem firme, bem forte, dói os ouvidos.
  • 150hz à 250hz: Vibração bem rápida. Aqui os alto falantes com suspensão de borracha já não renderão quase nada.
  • 250hz à 500hz: Muita vibração. Voz mais encorpada e batidas bem rápidas e secas.
  • 500hz à 1000hz: Voz pura, voz encorpada, e também vários instrumentos, alarmes, buzinas, etc.
  • 1000hz à 3000hz: Voz com pouco agudo, voz gritante, buzinas e alarmes mais agudos, outros instrumentos e sons que causam desconforto a nossos ouvidos.
  • 2000z: Esta é a frequência de ressonância da maioria dos humanos. É uma frequência irritante aos ouvidos. Indicamos abaixar essa frequência em 2 a 3 dB, caso você tenha um equalizador, assim o som dos drivers ficará muito mais agradável.
  • 3000hz à 5000hz: Voz com agudo, vozes muito finas e agudos fortes, bem definidos, chiados, sons de violino, teclados, últimas notas da guitarra, sons de metais batendo, etc.
  • 5000hz à 20.000hz: Agudo puro, quanto mais alta a frequência, mais fino e fraco o agudo, ou seja, à 5000hz você ouve um agudo mais forte, porém acima de 10.000hz ele já é muito fraco.
Um resumo de tudo isso que foi dito é:

Subwoofer

  • Reproduz em frequências baixas, portanto, sons mais graves.
  • Voltado para uso em ambientes internos, como um carro.
  • Facilmente reconhecido por sua borda alta de borracha ou espuma.

Woofer

  • Voltado para uso em ambientes externos.
  • Geralmente possui uma borda ondulada, dando mais liberdade ao som.
  • Alcance em distâncias mais longas.

Fora a regulagem dos módulos, com o corte de frequência, também é necessário ter um bom rádio, preparamos algumas comparações entre Players, confere aí

error0

17 comentários em “Qual escolher, Woofer ou Subwoofer? Qual é o melhor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *